Picbear logo Browse Instagram content with Picbear

#disturbioalimentar

Posts tagged as #disturbioalimentar on Instagram

2.064 Posts

#repost @maniasdenutricionistas (@get_repost) • • • As dietas restritivas (aquelas que cortam algum grupo alimentar, como carboidrato ou gordura) podem causar compulsão alimentar por que o apetite do paciente aumenta. A ansiedade e a frustração de nem sempre conseguir seguir a dieta rigorosamente POR MUITO TEMPO também são fatores que desencadeiam o surgimento da compulsão alimentar. "Nas dietas restritivas, nosso corpo deixa de ser nutrido corretamente. Com isso, o cérebro entra em estado de alerta, acha que está em perigo, adapta-se ao estresse e aumenta a fome como mecanismo de proteção. O resultado é comer mais e mais, sem parar. "De 90% a 95% das pessoas que fazem dieta restritiva voltam ao peso inicial ou ganham mais peso" Sophie.  #compulsaoalimentar #sophie #disturbioalimentar #nutricao
Diário alimentar  Hoje minha única alimentação do dia foi o almoço. Arroz integral, frango, batata, cenoura, tomate, cebola, alho, e um suco de maracujá, totalizando 500 kcal. Depois não resisti e acabei comendo um quadradinho de chocolate, mais 34 kcal.  Finalizo com 534 kcal. O resto do dia só chá, café e água.  Mais tarde vou pra aula de dança contemporânea, 2 hrs de aula que gastam aproximadamente 664 kcal. Quando chegar se estiver disposta ainda pretendo me exercitar mais um pouco. Foco borboletas! #anamia #ana #anorexia #anorexic #anna #thinna #thinspo #thin #anaymia #skinny #diet #dieta #fit #fitness #goals #calories #bulimia #bethin #bulimic #mia #diarioalimentar #disturbioalimentar #fat #magra
•foto meramente ilustrativa•  Uma epifania sobre aceitação  Uma das minhas maiores dificuldades sobre aceitação é minha personalidade. Distúrbio alimentar veio como  consequência de uma luta diária contra a pessoa que vive dentro de mim.  Nunca quis admitir que sou introvertida. Ainda não quero. Mas sou. Vejo as pessoas a minha volta cheias de amigos, conversando com deus e o mundo e me sento fracassada, como se tivesse falhado na vida por não ser esse tipo de pessoa.  Sempre fui reservada, sempre gostei de gastar meu tempo pintando, desenhando, escrevendo, lendo, dançando... muitas vezes sozinha. Ao me comparar com pessoas com quem convido, comecei a medir meu valor a partir do tanto de amigo/conhecidos/colegas eu tinha.  Sempre me peguei  tentando mudar a minha personalidade para me encaixar, para participar do grupo, para fazer amigos.  Não é isso que eu quero. Não é isso que eu preciso.  Na verdade gosto de ter um singelo grupo de pessoas em quem confiar, do que um milhão dos quais não saberia direito como conciliar. Mas é uma escolha pessoal. Não há certo nem errado.  Assim, para ser feliz, o único caminho é estar bem consigo mesmo. É ser quem VOCÊ  quer ser.  Se aceitar não é apenas gostar do seu corpo. Antes, ame sua essência, essa, sim, permanece. ••• #saudemental #mente #saúde #aceitação #amor #amorproprio #felicidade #amizade #servocemesmo #disturbioalimentar #recuperação #depression #healthy #morning #bomdia #live #life #vida #sorria #smile
Quanto da sua vida você fica olhando para o passado? O quão produtivo tem sido isso? Se você não mudar a direção dos seus pensamentos, você não conseguirá mudar as suas atitudes, logo, os seus resultados também não. Essa decisão de deixar o passado no seu devido lugar não significa negá-lo; significa que você amadureceu e hoje entende que a dor faz parte da sua história e não é A sua história. Se permita deixar de ser vítima para ser vencedor. Encontre um propósito na sua dor. Essa é uma decisão diária. #abusosexualinfantil #mentemagra #corpoemente #pnlparaemagrecer #coaching #ressignificar #perdao  #disturbioalimentar #compulsao #bulimia #anorexia
A comida não é o inimigo, a comida é combustível, a comida é deliciosa, a comida é para ser apreciada 💛💚💙 🤦🏻‍♀️ Esquerda 7 anos atrás: O começo da minha restrição, aonde passei a rotular os alimentos e aonde os primeiros episódios de compulsão começaram a aparecer. Ainda eram esporádicos, depois de alguns meses, começaram a acontecer semanalmente. Minha auto-estima era baixíssima, muitas vezes o que eu mais queria fazer era sumir! • 🙋🏻‍♀️Direita hoje em dia: Sem rotular nenhum alimento, procurei ajuda (terapia), e a dieta virou um estilo de vida porque eu encontrei um amor e uma relação saudável com a comida • 🌈 Aceitar as minhas questões pessoais e não correr delas no último ano, me proporcionou uma nova relação com a comida. Agora a minha alimentação é minha melhor amiga, não a minha inimiga, como foi por muitos anos. Eu me obrigava a treinar o dobro, porque havia exagerado no dia anterior. Cheguei a ficar sem comer e passar mau dando aula, por causa de restrição • Quando eu disse chega pra todas essas loucuras, eu aos poucos, comecei a introduzir alimentos que eu tinha medo de comer, um pouquinho de cada vez, eu comecei a experimentar diferentes sabores • Agora eu como o que quero quando quero, com a certeza do que o meu corpo precisa para sustentar meu estilo de vida ativo! Sem a comida, eu não seria capaz de fazer os exercícios que faço, eu não seria capaz de trabalhar quanto eu trabalho. Mesmo que seja sentada, eu consigo produzir muito melhor quando meu corpo está nutrido! • Gente, se eu pudesse voltar no tempo e dizer uma coisa para aquela Bella da esquerda uma coisa, seria o quão maravilhoso é comer e a importância de nutrir o nosso corpo! ••• Qualquer um que esteja passando por isso precisa de um pouco de motivação: 🦁 VOCÊ VAI CONSEGUIR SAIR DESSA, e você NÃO está sozinho(a) —————————— Food is not the enemy, food is fuel, food is
Quando você coloca defeitos em seu corpo, permite que outros façam o mesmo. Quando você só enxerga o que quer, fecha-se para o resto do mundo. Sinta-se linda, porque você é ❤  #corpo #disturbioalimentar #linda  #diganão #amese #psicologia #reflexao #frases
Dr Flávio Jr. Oliveira, psicólogo cognitivo-comportamental, destaca a nossa relação com a comida e como ela pode gerar problemas emocionais. Confira! #compulsaoalimentar #disturbioalimentar #transtorno #saudemental #clinicacuidarte
VOCÊ PODE. SE VOCÊ QUER, NÃO EXISTE DESCULPA, NÃO EXISTE PROBLEMA, VOCÊ FAZ E VOCÊ CHEGA LÁ 💪🏼 . 3 semanas para o próximo campeonato, estou no shape que deveria estar? Claro que não! Estou no melhor shape? CLAROOOO QUE SIMMM....E MUITO FELIZ! Mas em evolução sempre. Do estreantes (24/3) para agora já evolui bem, trabalhamos bastante, não é fácil, mas com os resultados vindo...wowww bom demaixxxxx..... O importante é não desistir, é buscar nosso melhor e o que é nosso melhor? É o corpo que te faz bem ok? O importante é que você esteja saudável e FELIZ😉 . Quem vem comigo??? Será que o BRASILIENSE @ifbbdf será o último de 2018???? Sei não hein🙄🙄🤔🤔🤣🤣🤣🤣🤣🤣 acho que vem mais um aeeeeee💪🏼💪🏼💪🏼💪🏼💪🏼 . Vamboraaaaaa meus gotosossss, pq eu digo e repito É POSSIVELLLLLLLL
Você já parou para pensar que tudo o que você diz vai impactar alguém ou algo?  Pois é! Eu nunca havia atendido um paciente com distúrbios alimentares e confesso que essa não é uma área que possuo grande entendimento. Mas estamos sempre em um processo de aprendizagem. Um dia desses então apareceu uma paciente que me fez refletir sobre o poder das palavras. Ela me contou como um pequeno comentário do professor de ballet a fez questionar se estava magra o suficiente para a grande competição fora do país que estava aguardando ansiosamente. A partir daí, parou de comer e passou a tomar chá. Emagreceu, foi para a competição, deu tudo certo, voltou, porém, não consegue comer, mesmo tendo recebido ameaças da cia de ballet por estar muito magra (mas que contradição!), de ter noção da sua magreza, de estar preocupada com a sua saúde. O distúrbio alimentar, a anorexia, já está instalado. E agora? Retirar o comentário já não é possível. A paciente está sob acompanhamento psicológico, médico e nutricional mas não é possível saber quando ela estará recuperada e se um dia voltará a ter uma boa relação com a comida. Então POR FAVOR pense antes de falar. CUIDADO. Você não sabe o quanto suas palavras vão impactar a quem são direcionadas, você não sabe se pode criar um gatilho para um distúrbio alimentar. As palavras tem poder, use-as para o bem! #nutricao #nutricaoclinica #disturbioalimentar #anorexia #opoderdaspalavras #pensenisso #nutricionista #nutricaoesaude
Quando falamos da Anorexia, é importante termos em mente que estamos falando de um transtorno de origem multifatorial, mas que tem muitas vezes como base a insatisfação nas relações pessoais.  É um transtorno psíquico que leva à perda de apetite ou a jejuns restritos e/ou à indução de vômitos, em função do receio de ganhar peso.  A Anorexia é um transtorno que tem a ver com a distorção da imagem corporal e que leva, tanto as mulheres quanto os homens, a desenvolver distúrbios alimentares e comportamentais. A imagem corporal, de modo geral, é uma representação mental que a pessoa possui do próprio corpo e está relacionada com sua autoestima.  A manifestação da Anorexia comumente se dá na fase da pré-adolescência, período onde a preocupação com a aparência é intensa e os jovens estão mais suscetíveis à opinião de terceiros. Porém, pode ocorrer em qualquer fase da vida. Em crianças, pode ter relação com chantagem afetiva e abusos sexuais, podendo ainda ser desencadeada por situações de estresse, como perdas e grandes mudanças.  Embora haja registro de muitos casos em homens, os transtornos alimentares acometem mais as mulheres devido à busca pelo padrão corporal ideal. Na busca desse ideal, mostrado pela mídia como fator de competência e sucesso, a anorexia atinge os jovens sensíveis e inseguros de si. O passo seguinte está relacionado ao fato de os jovens passarem fome ao longo do dia e, ainda que os ossos comecem a aparecer sob a pele, continuarem a se achar gordos.  As dietas restritivas podem levar a disfunções orgânicas generalizadas, como a ausência de ciclos menstruais, distúrbios gastrointestinais, queda de cabelos, depressão, isolamento e comportamento agressivo. De acordo com estudo feito por pesquisadores da Universidade da Columbia Britânica (Canadá), até 10% dos pacientes anoréxicos morrem devido a problemas de saúde decorrentes da aversão ao alimento.  Referência: Revista Saúde da Alma
#repost @institutopsiparatodos with @get_repost ・・・ Transtornos Alimentares podem ser originados de hábitos  alimentares que causam danos saúde física e psicológica  como a redução extrema ou consumo em excesso de alimentos.  Alguns fatores de risco: ↪Idealização excessiva do corpo perfeito ↪Maus hábitos alimentares ↪Baixa autoestima ↪Distúrbios emocionais  Alguns Transtornos Alimentares mais comuns: ✔ANOREXIA ✔BULIMINA ✔SÍNDROME DE PICA ✔TRANSTORNO DE RUMINAÇÃO ✔VIGOREXIA ✔ORTOREXIA NERVOSA ✔SÍNDROME DO GOURMET ✔HIPERGAFIA ✔TRANSTORNO ALIMENTAR NOTURNO  A psicoterapia busca compreender as causas e motivos do transtorno, com objetivo de restabelecer o controle e equilíbrio na saúde alimentar e emocional.  Saiba mais sobre esse e outros temas com nossa equipe. Entre em contato, podemos te ajudar!  #transtornoalimentar #disturbioalimentar #maalimentacao #obesivdade #magreza #baixaautoestima #cultoaocorporperfeito #aneroxia #bulimia #síndromedepica #transtornoderuminação #vigorexia #ortorexianervosa #síndromedogourmet #hipergafia #transtornoalimentarnoturno #institutopsicologiaparatodos  #psique #causapsicologia #corpoemente #alimentacao #psicologia #terapia #psicoterapia #podemosajudar #secuide  #cuidedasuasaude #procureumpsicologo #serraes
Vi essa matéria essa semana compartilhada por vários perfis. Aqui mesmo já fiz alguns post dos polêmicos comentários da atriz e a preocupação que suas “dicas para emagrecer” “jejum eternos” poderiam trazer de prejuízo aos seus seguidores. Fico feliz que ela tenha notado e se deu o direito de dizer o PARA 🚫 para as cobranças e as neuroses. É fato que viver num “mundo” onde sua imagem está em julgamento a todo momento não é fácil. Debora Secco é uma entre outras milhares de mulheres que se cobram todo dia e o pior acabam atraindo pessoas que gostam de destilar suas próprias neuras em outras pessoas, e isso faz tão mal qto você possa imaginar. O que mais me alerta nessa notícia é ler logo na primeira linha: “ESTOU LIMPA”, dá a impressão que a pessoa saiu de rehab, mas não deixar de ser. Conseguir limpar sua mente das intoxicações de pensamento que te fazem enxergar uma imagem distorcida, não é fácil e é uma luta diária. É triste saber que nessa época do milênio sofremos tanto com distorção de imagem e mais triste ainda é ver que existem centenas de perfis em rede social que estimula isso se passando como “influencer digital”. Quando será que essas pessoas irão acordar para o mal que fazem a elas mesmas e aos seus milhares de seguidores?🤷🏼‍♀️ Prestem muita atenção nas suas atitudes e nas atitudes das pessoas que te cercam, veja se você não está sendo intoxicado, mesmo sem saber. Parece exagero, mas a simples brincadeira entre amigas de famosas frases como : “exagerei!! To gorda!” “amanhã fico a base de água” “amanhã me acabo na academia” ... parecem inocente, mas são mensagens negativas que jogamos no nosso subconsciente. Policie o você diz para você.  Normal não se sentir bem todos os dias, isso é humano! Porém, só não deixe que isso fique te torturando o dia todo. Amanhã sempre será outro dia. Bola pra frente!!!😘 #apenasumadica #disturbioalimentar #amorproprio
Seja você sempre, respeite o seu corpo #repost @apenasumadica with @get_repost ・・・ Esquerda: 2015. Tamanho 2. Eu não consumia comida sólida há 10 dias e fumava um maço de Malboro Lights por dia. Era obcecada pela minha clavícula, minha costelas e quadris. Eu queria que os ossos aparecessem. Eu era obcecada por ter um espaço entre as minhas coxas. Eu estava prestes a fazer uma foto para a Sports Illustrated Swimsuit pela primeira vez e estava tentando ficar parecida com uma angel da Victorias Secret. A indústria me dizia que eu estava na minha melhor forma, mas eu ainda tinha que perder alguns quilos. Eu odiava a minha aparência, achava que eu estava gorda e vivia em ansiedade constante. Direita: hoje. Tamanho 8. Eu sinto que eu finalmente me tornei uma mulher. Amo as minhas coxas, minhas curvas. Amo a minha força e o fato que eu provavelmente poderia acabar com a sua raça. Eu ainda tenho inseguranças enquanto me adapto ao meu novo corpo, assim como todo mundo. Mas eu conheço o meu corpo, respeito o meu corpo e amo o meu corpo.Não é fácil compartilhar essas fotos porque eu ainda tenho uma doença com a qual eu preciso conviver pelo resto da minha vida. Uma pequena parte de mim olha o que eu vejo e odeia. Distúrbios alimentares e disformia não desaparecem, mas você pode aprender a lidar com eles e se curar. Você pode reprogramar os seus pensamentos.Eu quero compartilhar imagens que eu nunca tive. Eu quero mostrar para as mulheres que é ok ganhar peso. Aproveite as suas curvas, aproveite ser mulher. Seja saudável e confiante. Nós temos um corpo e uma vida. Não deixe que as suas inseguranças acabem com a sua felicidade“. Repost @missmiakang - post traduzido. Veja o original na página de @missmiakang #apenasumadica #disturbioalimentar
A ortorexia é coisa séria.  Até que ponto ser saudável vem de um hábito natural e consciente?  Muitas pessoas vão de um extremo à outro, do sedentarismo à obsessão em dietas. #ortorexia #disturbioalimentar #oextremoemsersaudavel #devemostratar #terapiaajudasim
👏🏻👏🏻👏🏻 #repost @comportamentoalimentar with @get_repost ・・・ Histórias de recuperação ✌🏼🙏🏼 #repost @apenasumadica Esquerda: 2015. Tamanho 2. Eu não consumia comida sólida há 10 dias e fumava um maço de Malboro Lights por dia. Era obcecada pela minha clavícula, minha costelas e quadris. Eu queria que os ossos aparecessem. Eu era obcecada por ter um espaço entre as minhas coxas. Eu estava prestes a fazer uma foto para a Sports Illustrated Swimsuit pela primeira vez e estava tentando ficar parecida com uma angel da Victorias Secret. A indústria me dizia que eu estava na minha melhor forma, mas eu ainda tinha que perder alguns quilos. Eu odiava a minha aparência, achava que eu estava gorda e vivia em ansiedade constante. Direita: hoje. Tamanho 8. Eu sinto que eu finalmente me tornei uma mulher. Amo as minhas coxas, minhas curvas. Amo a minha força e o fato que eu provavelmente poderia acabar com a sua raça. Eu ainda tenho inseguranças enquanto me adapto ao meu novo corpo, assim como todo mundo. Mas eu conheço o meu corpo, respeito o meu corpo e amo o meu corpo.Não é fácil compartilhar essas fotos porque eu ainda tenho uma doença com a qual eu preciso conviver pelo resto da minha vida. Uma pequena parte de mim olha o que eu vejo e odeia. Distúrbios alimentares e disformia não desaparecem, mas você pode aprender a lidar com eles e se curar. Você pode reprogramar os seus pensamentos.Eu quero compartilhar imagens que eu nunca tive. Eu quero mostrar para as mulheres que é ok ganhar peso. Aproveite as suas curvas, aproveite ser mulher. Seja saudável e confiante. Nós temos um corpo e uma vida. Não deixe que as suas inseguranças acabem com a sua felicidade“. Repost @missmiakang - post traduzido. Veja o original na página de @missmiakang #apenasumadica #disturbioalimentar
Histórias de recuperação ✌🏼🙏🏼 #repost @apenasumadica Esquerda: 2015. Tamanho 2. Eu não consumia comida sólida há 10 dias e fumava um maço de Malboro Lights por dia. Era obcecada pela minha clavícula, minha costelas e quadris. Eu queria que os ossos aparecessem. Eu era obcecada por ter um espaço entre as minhas coxas. Eu estava prestes a fazer uma foto para a Sports Illustrated Swimsuit pela primeira vez e estava tentando ficar parecida com uma angel da Victorias Secret. A indústria me dizia que eu estava na minha melhor forma, mas eu ainda tinha que perder alguns quilos. Eu odiava a minha aparência, achava que eu estava gorda e vivia em ansiedade constante. Direita: hoje. Tamanho 8. Eu sinto que eu finalmente me tornei uma mulher. Amo as minhas coxas, minhas curvas. Amo a minha força e o fato que eu provavelmente poderia acabar com a sua raça. Eu ainda tenho inseguranças enquanto me adapto ao meu novo corpo, assim como todo mundo. Mas eu conheço o meu corpo, respeito o meu corpo e amo o meu corpo.Não é fácil compartilhar essas fotos porque eu ainda tenho uma doença com a qual eu preciso conviver pelo resto da minha vida. Uma pequena parte de mim olha o que eu vejo e odeia. Distúrbios alimentares e disformia não desaparecem, mas você pode aprender a lidar com eles e se curar. Você pode reprogramar os seus pensamentos.Eu quero compartilhar imagens que eu nunca tive. Eu quero mostrar para as mulheres que é ok ganhar peso. Aproveite as suas curvas, aproveite ser mulher. Seja saudável e confiante. Nós temos um corpo e uma vida. Não deixe que as suas inseguranças acabem com a sua felicidade“. Repost @missmiakang - post traduzido. Veja o original na página de @missmiakang #apenasumadica #disturbioalimentar

Loading